Wednesday, September 16, 2009

''HEROIS DA FE''



VINTE HOMENS EXTRAORDINARIOS QUE INCENDIARAM O MUNDO!!!

MARTINHO LUTERO!

"Os homens geralmente querem atribuir o grande êxito de Lutero à sua extraordinária inteligência e aos seus des­tacados dons. O fato é que Lutero também tinha o costume de orar horas a fio. Dizia que se não passasse duas horas de manhã orando, recearia que Satanás ganhasse a vitória sobre ele durante o dia. Certo biógrafo seu escreveu: "O tempo que ele passa em oração, produz o tempo para tudo que faz. O tempo que passa com a Palavra vivificante en­che o coração até transbordar em sermões, correspondên­cia e ensinamentos"."
"Encontra-se o seguinte na História da Igreja Cristã, por Souer, Vol. 3, pág. 406: "Martinho Lutero profetizava, evangelizava, falava línguas e interpretava; revestido de todos os dons do Espírito"."

nas suas meditacoes sobre as Escrituras,muitas vezes se esquecia das refeicoes.ao escrever o comentario sobre o Salmo 23,passou tres dias no quarto comendo somente pao e sal.quando a esposa chamou um serralheiro e quebraram a fechadura,acharam-no escrevendo mergulhado em pensamentos e esquecido de tudo em redor.era grande musico e escreveu alguns dos hinos mais espirituais cantados atualmente.

JONATAS EDWARDS!

Quando Jonatas tinha sete ou oito anos,houve um despertamento na igreja de seu pai,e o menino acostumou-se a orar sozinho,cinco vezes,todos os dias,e a chamar outros da sua idade para orarem com ele;alguem assim se referiu a Jonatas:''sua constante e solene comunhao com Deus,em secreto fazia com que o rosto dele brilhasse perante o proximo,e sua aparencia,semblante,palavras e todo o seu comportamento eram acompanhados por seriedade,gravidade,e solenidade.''assim diz um de seus biografos:''em todo o mundo onde se falava o ingles,era considerado o maior erudito desde os dias do apostolo Pauloou de Agostinho.''

JOAO WESLEY!

TOCHA TIRADA DO FOGO!

Ainda na infância, John Wesley foi o último a ser salvo, de forma miraculosa, em um incêndio que destruiu toda sua casa, onde estivera preso no segundo andar. A partir desse dia, Susana, sua mãe, dedicou-lhe atenção especial, pois entendeu que Deus havia poupado sua vida para algo muito especial.
Aos cinco anos de idade, Susana Wesley começou a alfabetizar o John, usando o livro dos
Salmos como apostila.
John estudou com sua mãe até os 11 anos. Entrou, então, para uma escola pública, onde ficou como aluno interno por seis anos. Aos 17 anos, foi para a
Universidade de Oxford.

[editar] A Experiência do Coração Aquecido
No dia 24 de maio de 1738, na rua Aldersgate, em
Londres, Wesley passou por uma experiência espiritual extraordinária, que é assim narrada em seu diário:
"Cerca das nove menos um quarto, enquanto ouvia a descrição que
Lutero fazia sobre a mudança que Deus opera no coração através da fé em Cristo, senti que meu coração ardia de maneira estranha. Senti que, em verdade, eu confiava somente em Cristo para a salvação e que uma certeza me foi dada de que Ele havia tirado meus pecados, em verdade meus, e que me havia salvo da lei do pecado e da morte. Comecei a orar com todo meu poder por aqueles que, de uma maneira especial, me haviam perseguido e insultado. Então testifiquei diante de todos os presentes o que, pela primeira vez, sentia em meu coração".
Nos 50 anos seguintes, Wesley pregou em média de três sermões por dia; a maior parte ao ar livre. Houve uma vez que pregou a cerca de 14.000 pessoas. Milhares saíram da miséria e imoralidade e cantaram a nova fé nas palavras dos hinos de
Carlos Wesley, irmão de John. Os dois irmãos deram à religião um novo espírito de alegria e piedade.

CARLOS SPURGEON

Segundo uma de suas biografias, o maior auditório em que pregou continha, exatamente, 23.654 pessoas: este imenso público lotou o Crystal Palace, de Londres, no dia 7 de outubro de 1857, para ouvi-lo pregar por mais de duas horas.
Sucesso - Mais de cem anos depois de sua morte, muitos teólogos ainda tentam descobrir como Spurgeon obtinha tamanho sucesso. Uns o atribuem às suas ilustrações notáveis, a habilidade que possuía para surpreender a platéia e à forma com que encarava o sofrimento das pessoas. Entretanto, para o famoso teólogo americano Ernest W. Toucinho, autor de uma biografia sobre Spurgeon, os fatores que atraíam as multidões eram estritamente espirituais: O poder do Espírito Santo, a pregação da doutrina sã, uma experiência de religioso de primeira-mão, paixão pelas almas, devoção para a Bíblia e oração a Cristo, muita oração. Além disso, vale lembrar que todas as biografias, mesmo as mais conservadoras, narram as curas milagrosas feitas por Jesus nos cultos dirigidos pelo pregador inglês.

A importância de Charles Haddon Spurgeon como pregador só encontra parâmetros em seus trabalhos impressos. Spurgeon escreveu 135 livros durante 27 anos (1865-1892) e editou uma revista mensal denominada A Espada e a Espátula. Seus vários comentários bíblicos ainda são muito lidos, dentre eles: O Tesouro de Davi (sobre o livro de Salmos), Manhã e Noite (devocional) e Mateus - O Evangelho do Reino. Até o último dia de pastorado, Spurgeon batizou 14.692 pessoas. Na ocasião em que ele morreu - 11 de fevereiro de 1892 -, seis mil pessoas leram diante de seu caixão o texto de Isaías 45.22a: Olhai para mim e sereis salvos, vós todos os termos da terra.

''NESTA OBRA CONTEM AS BIOGRAFIAS DE ALGUNS DOS GRANDES SERVOS DE JESUS.''UM LIVRO QUE MUDARA SUA VIDA.

''Herois da Fe''[Orlando Boyer]